14/10/2018

DIA 18 OUTUBRO, RIO DA QUINTA, NO VALE DE SANTARÉM, VOLTA A TER VIDA





Vai ser no dia 18 deste mês de Outubro o acto oficial de abertura à população do Vale de Santarém e outros interessados, do recuperado espaço do histórico “Rio da Quinta”. Já antes havia sido liberto da grande quantidade de silvas, árvores, arbustos diversos e muito lixo que o tapavam quase por completo mas, com a continuação da orientação dos trabalhos, por parte de especialistas da Câmara Municipal de Santarém e a execução a cargo de elementos ao serviço da Junta de Freguesia e com a coordenação desta, mais recentemente foram continuados os trabalhos de recuperação e beneficiação, de modo a transformar aquele espaço num ponto limpo, asseado, com uma nova imagem, recuperando, pelo menos simbolicamente, aquela riqueza natural e histórica que transformaram o sítio num dos mais representativos emblemas do Vale de Santarém.

É motivo, pois, para estarmos satisfeitos, e aqui o afirmarmos, claramente. Com esta beneficiação a nossa vila fica mais conforme o que se espera que seja, para os que nela vivem e os que por ela passam. Importa, e muito, que este exemplo seja respeitado, protegido e valorizado por todos, pois é a recuperação de algo muito importante da longa história da nossa comunidade, símbolo e espaço de vida de muitas gerações de valesantarenos, sendo também um incentivo para outras recuperações em espaços de natureza pública, na nossa terra, que muito disso carecem, para bem de todos.

Pela nossa parte, tendo assumido este objectivo praticamente desde a nossa constituição como Movimento Ecologista, entendemos que foram bem-sucedidos os nossos alertas para o estado de degradação que ali estava a acontecer e as sugestões que fomos dando para que algo deste tipo se concretizasse. 

De facto, publicámos aqui, no nosso blogue alguns artigos sobre o assunto, nomeadamente:

NO ÂMBITO DO PLANO DE ACTIVIDADES DE 2016, EM 8 MARÇO 2016, conforme pode ser lido em:

VAMOS LIMPAR O “RIO DA QUINTA”, NO VALE DE SANTARÉM – EM 5 MAIO 2017 – para ler, clicar em:

COMEÇOU A LIMPEZA DO “RIO DA QUINTA” – EM 10 ABRIL 2018 – Para ler, clicar em:

Mas não fizemos só comunicados: falámos com o presidente e outros membros da Junta de Freguesia e, ainda que consoante as nossas possibilidades, demos colaboração na fase inicial de limpeza do espaço, tendo ainda contribuído com ideias sobre o que nele devia figurar, do ponto de vista histórico, para o que também colhemos opiniões de membros da recém constituída Associação Cultural Vale de Santarém-Identidade e Memória, pois nesse capitulo da história da nossa terra é a associação mais vocacionada.

Agora que vai acontecer a devolução à população daquele emblemático espaço da natureza e da nossa história, bom será que o consigamos proteger e preservar, pois qualquer elemento do nosso património é uma mais valia para cada cidadão da nossa comunidade, e não só – também o é para aqueles que não vivem no Vale de Santarém.

Por tais razões, porque é de satisfação que se trata, e também pela razão de que aquele é espaço de todos nós, sugerimos que os valesantarenos que o possam fazer compareçam no acto do dia 18 deste mês, às 15 horas, para tomarem parte na apresentação final do espaço recuperado. Pela nossa parte, lá estaremos.

A Coordenação do Movimento Ecologista do Vale de Santarém.


Foto do "rio da Quinta", local de lavagem de roupa, de data desconhecida.
Foto do "rio da Quinta", de 2016, já muito tapado e degradado.

Foto do "rio da Quinta", em Abril 2018, já em fase de limpeza.

Foto do "rio da Quinta", em Abril 2018, já em fase de limpeza.











Sem comentários:

Enviar um comentário