14/04/2015

VALE DE SANTARÉM - O QUE DIZ UM DOCUMENTO DE 1882

VALE DE SANTARÉM

Freguezia, Extremadura, concelho, comarca, districto administrativo e a 6 km ao O.S.O de Santarém, 61 km a N.E. de Lisboa, 170 fogos. Em 1768 tinha 148 fogos.
Orago: Nossa Senhora da Expectação (o Portugal Sacro diz que é Nossa Senhora da Esperança). Patriarcado de Lisboa.

O prior da freguezia de S. Julião de Santarém apresentava o cura, que tinha réis 90$000 de rendimento (Vide 9º Volume pág. 556, col 2ª)

É uma formosa freguezia, situada em um ameno e fertilíssimo valle (que lhe dá o nome) e próximo da margem direita do Tejo que, não só a fornece de peixe d'este rio, como também do que por elle lhe vem do mar. Pelo mesmo rio exporta para Lisboa os géneros agrícolas excedentes ao consumo, no que faz constante negócio. Fica perto da estação de Sant’Anna, a 11ª do caminho-de-ferro do norte e leste.

Todas estas circunstamcias a fazem uma terra sobremaneira próspera.

O reverendo Sr. Manoel Marques, actual e digníssimo prior d’esta freguezia, é merecedor dos maiores elogios, pelos muitos e valiosos melhoramentos que tem levado a efeito, na sua freguezia, desde 1874, pelo que é digno do respeito e geral estima dos seus parochianos. Era geral a tristeza daquele povo, pelo lastimável estado da egreja parochial e cemitério da freguezia.

A egreja estava quasi arruinada, e ao cemitério faltavam todas as condições d’um tal logar. O sr. Padre Manuel Marques, ora pedindo esmolas, ora concorrendo com dinheiro do seu bolsinho, finalmente empregando todos os meios que a religião e a caridade lhe inspiraram, conseguiu obter uma somma suficiente para que a egreja e o cemitério estejam com a decência que deve sempre existir nos logares sagrados.

O reverendo prior também abriu uma subscripção para se melhorar a ponte do Valle, que estava em lastimoso estado, o que era de grande prejuízo para aquelle povoado e para os que lhe ficavam vizinhos, pois que tinham de atravessar as pontes d’Asseca e de Sant’Anna, que ficam muito distantes da do Valle.

Bom seria que os outros parochos de freguesias ruraes imitassem o exemplo do senhor prior do Val de Santarem, concorrendo sempre para o bem estar e comodidade dos seus parochianos. É digno de todo o elogio o sr. padre Manoel Marques.

EXTRAÍDO DE: Decimo Volume – Pag. 85.
Portugal Antigo e Moderno – Dicionário Geographico, Estatístico, Chorographico, Heraldico Archeologico, Histórico, Biographico e Etymologico de Todas as Cidades, Villas e Freguezias de Portugal e de Grande Número de Aldeias.
“Se estas são notáveis, por serem pátria de homens celebres, por batalhas ou outros factos importantes que ‘elles tiveram logar, por serem solares de famílias nobres, ou por monumentos de qualquer natureza alli existentes”.
Notícia de Muitas Cidades e Outras Povoações da Lusitania de que apenas restam vestígios ou somente a tradição.

Por Augusto Soares de Azevedo Barbosa de Pinho Leal, Lisboa - Livraria Editora de Mattos Moreira e Cardosos - Praça de D. Pedro, 67 – 1882.

Sem comentários:

Enviar um comentário